Adspace 728x90

Vereadores de Acajutiba acusam presidente do Legislativo de improbidade administrativa

Na manhã de terça-feira (23), grande parte dos vereadores da Câmara Municipal de Acajutiba,a região do Litoral Norte e Agreste Baiano, foi ao Ministério Público local e formalizou um pedido de providências e o ajuizamento de ação de improbidade administrativa contra o atual presidente do Poder Legislativo do município, vereador Ginaldo Rodrigues Neres.

De acordo com os vereadores que assinaram a petição, José Edson, Everley Moraes, Adelson Mendes, Silvio dos Santos e João de Souza Neto, o presidente Ginaldo Rodrigues Neres cometeu diversos atos caracterizados como improbidade administrativa, dentre eles, o pagamento de serviços não prestados. Entre os exemplos de empresas contratadas sem a prestação de serviços, os vereadores citaram a contratação de uma empresa para locação de “software” e uma empresa de assessoria legislativa. 

Os vereadores também falaram de irregularidades na emissão de notas fiscais de inúmeros serviços contratados, como a emissão de notas fiscais inválidas e falsificação de assinatura em recibos de prestação de serviços. 

Além do pedido de providências junto ao Ministério Público, os vereadores afirmaram que a Câmara deverá instaurar um processo interno para apurar os fatos e adotar eventuais providências contra o presidente do Legislativo.


Crisópolis em Foco: Informação e cidadania. #Compartilhe!


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Vereadores de Acajutiba acusam presidente do Legislativo de improbidade administrativa Rating: 5 Reviewed By: Hamilton Bispo