Adspace 728x90

Mais um baiano é alvo da operação Lava Jato

Em mais uma fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal prendeu o presidente da UTC/ Constran, o baiano Ricardo Pessoa, na manhã desta sexta-feira (14), de acordo com informações da Folha.
 

A empresa é investigada por pagar propina para obtenção de obras da Petrobras no Rio de Janeiro e em Pernambuco. Pessoa também é sócio do doleiro Alberto Youssef em hotéis. O diretor financeiro da UTC/ Constran também foi preso. A PF ainda cumpre mandados de busca e apreensão na empreiteira Odebrecht, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. 

Nesta sétima fase da operação, a PF cumpre, no total, 27 mandados de prisão em 11 empreiteiras. Ao todo, 300 policiais participam da ação, que acontece em São Paulo, Paraná, Rio, Pernambuco, Minas Gerais e no Distrito Federal. Entre os presos, está o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque. Também foram detidos o presidente da Engevix, Cristiano Kok, e um de seus vice-presidentes, Gerson Almada. Um terceiro executivo da empresa que teve a prisão decretada está no exterior. A PF também realiza buscas na Camargo Corrêa, uma das empresas investigadas por suposto pagamento suborno a ex-diretores para obter contratos da estatal. 

A empreiteira lidera o consócio CNCC, responsável pela construção da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco. A operação também realiza buscas nas empreiteiras OAS, Queiroz Galvão, Engevix, Mendes Júnior, Galvão Engenharia e Iesa. Informações não oficiais dão conta de que Leo Pinheiro, vice-presidente da OAS, também foi preso.
Crisópolis em Foco: Informação e cidadania. #Compartilhe!


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Mais um baiano é alvo da operação Lava Jato Rating: 5 Reviewed By: Unknown