Adspace 728x90

Conselho de ética pede cassação do deputado Luiz Argôlo


O relator do processo contra o baiano Luiz Argôlo (SD), deputado Marcos Rogério (PDT-RO), defendeu nesta terça no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar a perda do mandato do parlamentar; em seu parecer, o relator afirma que Argôlo teve conduta incompatível com o decoro parlamentar por suposto envolvimento com o doleiro Alberto Youssef; os deputados Sérgio Brito (PSD-BA), Wladimir Costa (SD-PA) e Pastor Eurico (PSB-PE) solicitaram vistaconjunta, o que impediu a votação do texto

O relator do processo contra o deputado Luiz Argôlo (SD-BA), deputado Marcos Rogério (PDT-RO), defendeu nesta terça-feira (14) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar a perda do mandato do parlamentar baiano.

Em seu parecer, o relator afirma que Argôlo teve conduta incompatível com o decoro parlamentar. Os deputados Sérgio Brito (PSD-BA), Wladimir Costa (SD-PA) e Pastor Eurico (PSB-PE) solicitaram vistaconjunta, o que impediu a votação do texto.

Wladimir Costa adiantou que pretende apresentar um relatório paralelo, “70% diferente” do de Marcos Rogério.

Crisópolis em Foco: Informação e cidadania. #Compartilhe!


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Conselho de ética pede cassação do deputado Luiz Argôlo Rating: 5 Reviewed By: Hamilton Bispo