Adspace 728x90

Falta de políticas de acesso ao ensino superior preocupa estudantes crisopolenses


Crisópolis tem atingido índices importantes, favoráveis à educação básica, entretanto, a omissão à formação superior tem prejudicado muito a continuidade dos estudos, principalmente para os jovens de baixa renda que também desejam ingressar numa universidade pública, fato que, para acontecer depende muito da intervenção e do empenho do poder público através de iniciativa de promoção de mecanismos que facilitem o acesso da clientela aos diversos cursos de graduação.

É notável a dificuldade de se firmar um Pólo Universitário no município, inclusive a aparente falta de interesse da instituição mor na cidade, responsável por esse âmbito, em suma a Secretaria Municipal de Educação, que há muito se furta em despertar a busca por implantar um programa de inclusão universitária, a exemplo do portal UAB, que dispõe de inúmeros cursos fornecidos por diversas universidades federais do país e seriam ministrados diretamente no município, onde esse, entraria apenas com a contrapartida da infraestrutura e suporte.

Muitos "pobres" sonhadores e guerreiros enfrentam diariamente altas cargas de estresses, além dos riscos incorridos pelos constantes deslocamentos que fazem para os encontros dos cursos em cidade muito distantes, a exemplo de Esplanada, Alagoinhas, Ribeira do Pombal e/ou Paripiranga (cursos estes, que em muitos casos acontecem sem nenhuma orientação vocacional, e, cursam apenas por não disporem de  outras alternativas), fato que muito prejudica o desenvolvimento intelectual, visto que o aluno não demonstra o mesmo interesse que em um curso de sua real vontade, sua vocação e amor pela profissão.

Esperamos num futuro não tão distante poder ser alvos de políticas educacionais voltadas para a formação superior de Crisópolis, além de ferramentas que possibilitem o fácil acesso do alunado aos diversos cursos disponibilizados por tais iniciativas, inseridos em nosso próprio município, onde esses aprendizes possam ingressar nos cursos de seu próprio interesse, valorizando a capacidade de formação de cada um.


Crisópolis em Foco: Informação e Cidadania.


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Falta de políticas de acesso ao ensino superior preocupa estudantes crisopolenses Rating: 5 Reviewed By: Hamilton Bispo