Policial Civil acusado de autoria do disparo que matou menina é vereador de Cachoeira


O policial civil acusado de disparar o tiro que matou uma menina de um ano de idade na cidade de Amargosa, no Recôncavo Baiano, é um vereador do município de Cachoeira, localizado na mesma região, segundo informações do Diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Moisés Damasceno. Carlos Raimundo de Jesus Cardoso, 38 anos, se elegeu em 2012 pelo Partido Republicano Progressista (PRP) concorrendo ao pleito com o nome Cacau PC e obteve 560 votos.

Em depoimento prestado na Corregedoria da Policia Civil (Correpol), na tarde da última quinta-feira (17), em Salvador, Carlos disse à delegada Andreia Cardoso que a menina acabou sendo baleada durante uma perseguição que fazia, com um policial militar, a um homicida foragido da Justiça, de prenome Ricardo. O policial teria avistado o criminoso, acompanhado de dois homens, em atitude suspeita, e percebeu que ele escondia uma arma sob a camisa.

Ainda segundo o depoimento, durante a abordagem, Ricardo reagiu atirando. Carlos disparou duas vezes na direção do criminoso, em via pública. Na fuga, Ricardo entrou em uma casa, foi seguido pelo policial, mas não foi mais visto. O policial disse que não atirou dentro da casa ou em seu quintal e, quando procurava sair do local, repentinamente, de um dos cômodos do imóvel, saiu uma mulher carregando uma criança ferida. 

A arma do policial civil foi entregue à Correpol para ser periciada no Departamento de Policia Técnica (DPT). Depois de ouvido pela delegada Andreia Cardoso ele foi liberado e afastado das atividades até a conclusão do inquérito. O policial militar que o acompanhava na diligência também foi ouvido pela corregedoria.


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Policial Civil acusado de autoria do disparo que matou menina é vereador de Cachoeira Rating: 5 Reviewed By: CRISOPOLIS EM FOCO