Adspace 728x90

Em nota, secretário de Esportes responde aos recentes comentários; confira

Em decorrência dos recentes comentários proferidos em rede social e bastidores, o secretário de esportes Francisco José Dantas de Menezes, ou simplesmente "Chico de Nina", achou por bem, esclarecer esses boatos aleatórios que recentemente rotulam de forma negativa algumas decisões tomadas pelo poder público municipal, em especial a secretaria de esportes.


Confira a íntegra da nota proferida pelo secretário:

"Muito obrigado a mídia escrita e falada deste município por permitir expressar minha verdadeira opinião a respeito da nossa Seleção Amadora de Futebol de Crisópolis. Para quem não sabe, a secretaria de esporte deste município, foi criada lá pelos anos de 1965 que, juntamente com meus colegas de infância: Luiz de Naná, Zé Torrão, Zé Raimundo de Dete, Joãozinho Tampila, Cuiquinho Preguiça, Velho Pinto e muitos outros, fazíamos parte da mesma pois contávamos com a colaboração dos meus pais na compra da bola.

Cresci e comecei a me defender com unhas e dentes o meu Bahia, o meu inesquecível Vila Rica, o Internacional do Tabuleiro e pela seleção local e em todos deixei a minha parcela de colaboração e respeito. E até hoje, só Deus pode medir ou dimensionar o meu carinho, o amor e o respeito que tenho por nossa seleção. Em nenhum momento passou por minha cabeça tão infeliz ideia de não apoiá-la. 

Sabes porque? primeiro: Acho que devemos nos preocupar com a nossa juventude, dando-lhes oportunidades de crescimento não só moral, como físico e também colocar os mesmos em uma participação mais digna perante a nossa sociedade. Com a ajuda de custos aos nossos atletas e comissão, possibilitaremos aos mesmos calçar melhor, comer melhor, vestir melhor e, consequentemente estudar melhor; em segundo lugar, me preocupo em ter seleção, pois sei quanto é importante para aqueles que a usam como segunda fonte de renda para seus familiares, ou seja, como seus subempregos, vendendo amendoim, caldo de cana, refrigerantes e bebidas em geral, tiram dali o seu complemento salarial; em terceiro lugar, acredito que precisamos da seleção, pois não me preocupo com os que aqui não moram ou quem tem o poder aquisitivo meior e que possam passar seus finais de semana longe do nosso município se deleitando dos shoppings, dos clubes sociais, dos balneários, dos cinemas e etc. E nós, se não tivermos a seleção como ficam as pousadas, os restaurantes, os bares, a cara da nossa cidade, com o nosso e único meio de lazer fechado, sem ter o sorriso de nossos jovens atletas e a nossa torcida triste encalacrada nas salas de tv ou nos bares da vida. Acorda gente! Acorda Liga Desportiva de Crisópolis! Vocês têm que pensar grande! Pensar para a frente, pois a bola gira.

E, para finalizar este meu depoimento, gostaria de dizer também que não podemos fazer ou elaborar um Plano de Trabalho e entregar ao nosso prefeito e dizer: "se vira!!". Por isso, conclamo, solicito aos demais colegas secretários o apoio, a palavra de incentivo que muitas vezes vale mais que o dinheiro; aos digníssimos vereadores, o apoio seguro junto ao nosso prefeito, prontos para agirem na hora certa; aos nossos fornecedores, às instituições bancárias: Banco do Brasil e Bradesco, Caixa Econômica Federal e ao povo em geral que apoiam a posição tomada pelo nosso prefeito ajudando-o como disse, não só financeiramente como também com a palavra.

Lembrem-se, só o esporte une, só o esporte não divide as classes sociais, só o esporte não tem divisão de cor, raça ou etnia.

E para completar, uma sugestão: Busquemos os brindes e façamos um bingo no final de julho e, se preciso for, outro em outubro para podermos dar aquela colaboração e atingirmos as nossas metas e, assim todo crisopolense irá sorrir!"

"Depois deste depoimento, será de que lado estou: à favou ou contra?"

Agradeço a compreensão de todos,

Chico de Nina


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook
Item Reviewed: Em nota, secretário de Esportes responde aos recentes comentários; confira Rating: 5 Reviewed By: Hamilton Bispo