Adspace 728x90

Luiz Argôlo perde cargo e deve ser expulso do partido

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu pela perda de cargo do vice-líder do Solidariedade, deputado federal baiano Luiz Argôlo, na tarde desta sexta-feira (16). Devido a relação com o doleiro preso Alberto Youssef, o parlamentar pode ser expulso do partido já na próxima semana.

O presidente do partido, Fernando Francischini está reunido com advogados da sigla na noite de hohe para discutirem a expulsão. Um encontro está marcado para a próxima terça-feira (20).

De acordo com o presidente estadual da sigla, deputado federal Marcos Medrado, que conversou com a reportagem do Bocão News nesta quinta-feira (15), o acusado não apresentou sua defesa e por isso o partido entrou com o pedido de cassação.

De acordo com a Folha de S. Paulo, um novo relatório revela que Argolo foi orientado pelo doleiro a assumir o posto de vice-líder do partido, já que o líder – Francischini – não estaria todo o tempo na Casa. Com isso, o baiano estaria “mais próximo do governo”.
A Polícia Federal contabilizou 1.411 mensagens trocadas entre os dois desde 14 de setembro de 2013. Além de usar o celular da Câmara, o baiano ainda usava a verba da Casa para pagar passagens aéreas e hotel em encontros com o doleiro.

Sem não renunciar, Argolo poderá ser cassado e ficará 8 anos inelegível.


Bocão news


  • Comentar via Blogger
  • Comentar via Facebook
Item Reviewed: Luiz Argôlo perde cargo e deve ser expulso do partido Rating: 5 Reviewed By: Hamilton Bispo